Plano de Ação contra o Coronavírus – COVID-19

Em tempos de incerteza como o que vivemos atualmente, algumas práticas devem ser adotadas para que a adaptação aconteça da melhor maneira possível e nesse caso, seja evitado ao máximo o risco de eventual contaminação pelo novo coronavírus, sendo nossa prioridade o bem-estar de nossos colaboradores, clientes e parceiros.

Nosso serviço tem sofrido adaptações para nos encaixarmos na nova demanda do mercado hoteleiro, sempre seguindo recomendações e diretrizes que garantem a segurança e saúde de todos os envolvidos nessa cadeia.

Considerando também, a necessidade de prevenir e reduzir os riscos de infecção dos trabalhadores pelo novo coronavírus na ausência de vacina e de tratamento específico para o mesmo, seguimos a Nota Técnica 08/DVISAT/2020 (Divisão de Vigilância em Saúde do trabalho) para LAVANDERIA NÃO HOSPITALAR, que trata de medidas preventivas no ambiente de trabalho, como a higienização das mãos, proteção individual e restrição de contatos.

Considerando também que o coronavírus é transmitido pelo ar (através de gotículas respiratórias da pessoa infectada, que toca boca, nariz, olhos e superfícies/objetos, contaminando-os e disseminando o vírus), se mostra necessária uma renovação de ar adequada, a fim de diminuir e diluir fontes poluidoras, incluindo agentes patógenos como o coronavírus.

Desta forma, a Lava Sul Lavanderia vem por meio deste documento informar aos seus clientes e parceiros quais medidas estão sendo adotadas nos processos que envolvem nossos serviços, desde a coleta de roupa suja até a entrega das peças higienizadas.

As práticas adotadas pela empresa serão descritas a seguir.

I. Práticas dos Colaboradores Rotineiramente:

  • Nossos motoristas e auxiliares de motorista utilizam um kit de higienização disponibilizado pela empresa, o qual é formado por máscaras, luvas e frascos de álcool em gel;
  • Todos os colaboradores foram instruidos quanto às práticas e medidas preventivas contra a disseminação de vírus, como o novo coronavírus, no ambiente de trabalho e também no dia-a-dia fora da empresa (como a correta higienização das mãos, distanciamento mínimo de 1,5 metros entre os funcionários, apenas uma pessoa por mesa no refeitório, etc.);
  • Ampliamos a frequência de higienização dos ambientes e equipamentos com solução de hipoclorito de sódio 1% com água, ou álcool 70% (piso, bancadas, superfícies, corrimão, maçaneta e banheiros);
  • Proporcionamos ao ambiente de trabalho mais ventilação, mantendo portas e janelas abertas. E nos casos dos ambientes climatizados, realizamos a manutenção de aparelhos de ar condicionado, observando as orientações das autoridades de saúde e sanitária.
  • Foram fornecidas máscaras reutilizáveis aos nossos funcionários, assim como instruções de uso e higienização das mesmas;
  • Além das máscaras, foram fornecidas aos colaboradores do setor de lavação da empresa luvas de látex longatex, que oferecem maior proteção no manuseio das peças sujas que chegam na empresa;
  • Nos procedimentos de limpeza do ambiente de trabalho, NÃO utilizamos ar comprimido ou água sob pressão, ou qualquer outro método que possa gerar respingos ou aerossóis;
  • Recipientes com álcool em gel foram instalados em locais estratégicos da planta da empresa, garantindo a higienização das mãos de nossos colaboradores;
  • Colaboradores que eventualmente apresentem algum sitoma relacionado a Covid-19, são afastados imediatamente e encaminhados para cuidados médicos;
  • Desde o início nossos colaboradores receberam treinamentos para a colocação e retirada dos EPIs, para não haver contaminação durante esta prática;
  • Com essas condutas garantimos a saúde e a segurança para conter o avanço da pandemia.

II. Coleta e Transporte

  • Nossos funcionários responsáveis pela coleta e transporte de peças sujas foram devidamente instruídos a respeito das diretrizes e recomendações contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), além de receberem os EPIs necessários para realizarem suas tarefas;
  • Os sacos utilizados para armazenamento das peças são devidamente higienizados antes de retornarem aos nossos clientes;
  • Nossos veículos são devidamente higienizados e esterelizados com produtos desinfetantes, como o “SURFIC®”, produto biodegradável recomendado para desinfecção de superfícies.

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO FISPQ SURFIC® FISPQ N° 013 Data da última revisão: 01.08.17 Pág. 1 de 4 1 – Identificação Nome do produto: SURFIC® Usos recomendados: Desinfecção de superfícies fixas Desinfecção de artigos não críticos Desinfecção de nível intermediário Fabricante/Fornecedor: Profilática Produtos Odonto Médico Hospitalares Ltda. Rua José Cheinfert, 315, Barigui – Araucária/PR e-mail: [email protected] Telefone para emergências: 0800 410148 – Mistura: Cloreto de alquil dimetil benzil amônio (cloreto de benzalcônio), PHMB (polihexametileno biguanida), tensoativo não iônico, solvente e água. Ingredientes ou impurezas que contribuem para o perigo: Cloreto de alquil dimetil benzil amônio (cloreto de benzalcônio); CAS: 68424-85-1; Concentração: 5,2%. PHMB (polihexametileno biguanida): CAS: 112-34-5; Concentração: 3,5%.

III. Processos de Produção

  • Ao chegar na empresa a roupa suja é depositada em carrinhos para o transporte das mesmas até as máquinas de lavar (agitando-as o mínimo possível) para sua higienização;
  • Antes mesmo desses novos procedimentos, carrinhos utilizados para transporte de roupas sujas já eram diferenciados (pela utilização de fitas adesivas pretas) dos carrinhos utilizados para roupas limpas (os quais apresentam cor branca em toda sua superfície). Desta forma, garantimos que nenhum carrinho seja utilizado para ambos os processos de transporte, evitando eventual contaminação das roupas higienizadas;
  • Todos os carrinhos utilizados são higienizados e esterelizados com desinfetantes rotineiramente após seu uso;
  • Parte dos colaboradores do setor de lavação é encarregado da disposição das roupas sujas nas máquinas de lavar, enquanto os demais são responsáveis pela retirada das roupas já higienizadas das máquinas;
  • No processo de higienização das roupas são utilizados produtos químicos e temperaturas que comprovadamente se mostram eficazes na eliminação de vírus, bactérias e demais microrganismos. Dentre os produtos utilizados estão: solvente, amaciante, detergentes ácido, detergente alcalino, detergente neutro, hipoclorito de sódio (cloro) e neutralizantes;
  • Além disso, no processo de lavagem das roupas, usamos temperaturas acima de 60° C e adicionamos solução antisséptica, que deve ser utilizada de acordo com a orientação do fabricante;
  • No processo de secagem e passadoria os enxovais passam pela última esterelização, a secagem é feita em secadoras tambor e a passadoria dos lençóis em uma calandra de três rolos de 800 milímetros com temperatura recomendada pelo fabricante;
  • Durante todos os processos de produção os colaboradores respeitam o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre si, além do uso de máscaras em tempo integral e luvas quando necessário;
  • Foram disponibilizadas soluções desinfetantes para que as estações de trabalho sejam higienizadas pelos colaboradores ao fim de todo expediente.

IV. Transporte e Entrega

  • Após os processos de higienização, as peças limpas são embaladas de forma que não haja nenhum tipo de contaminação durante o transporte e entrega das mesmas;
  • Em relação ao transporte de roupas limpas em veículos anteriormente utilizados para transporte de roupas sujas, os colaboradores responsáveis por tal serviço foram devidamente instruídos a primeiramente realizarem a rota de entrega de peças limpas e posteriormente retornarem aos hotéis para coletarem as peças sujas, garantindo que em hipótese alguma o veículo esteja transportando roupas sujas e roupas higienizadas ao mesmo tempo;
  • Ao retornarem das entregas, os veículos são higienizados e esterelizados como recomendam as diretrizes impostas por Portarias, como a da SES, de Nº 231 de 07 de abril de 2020.
  • Os colaboradores envolvidos no processo de transporte e entrega de peças limpas foram devidamente instruídos sobre medidas preventivas e EPIs necessários para que o serviço seja realizado da maneira mais segura para todos os níveis da cadeia;

A Lava Sul mantém-se informada constantemente sobre tudo o que está acontecendo referente a esta pandemia. Foi criado um comitê de emergência para dar suporte para nosso colaboradores e clientes.

Nenhum procedimento funciona sem o aval de nosso Engenheiro de Segurança do Trabalho.

Estamos 100% em alerta com as diretrizes de segurança de higienização.

“Tudo tem começo e meio.
O fim só existe para quem não percebe o recomeço.”

Luiz Gasparetto

Baixe o documento completo clicando abaixo.

Converse agora!
1
Entre em contato!
Dúvidas? Clique aqui e fale agora mesmo conosco
Powered by